Linhas de Pesquisa

Linhas de Pesquisa

Pesquisa clínica para o complexo econômico e industrial da saúde

Descrição: O Complexo Econômico e Industrial da Saúde – CEIS (Gadelha, 2003) é composto por: 1) indústrias de base química e biotecnológica, indústrias farmacêutica, de vacinas, hemoderivados e reagentes para diagnóstico; 2) atividades de base física, mecânica, eletrônica e de materiais, com indústrias de equipamentos e instrumentos, órteses e próteses e materiais e; 3) prestação de serviços de saúde, com unidades hospitalares, ambulatoriais e de serviços de diagnóstico e tratamento, sendo este último força motriz da inovação científica no setor. A interação entre o CEIS e a geração de inovação (universidades e centros de pesquisa) procura atender as demandas do processo produtivo, seja na pesquisa básica, ensaios clínicos, estudos de custo-efetividade e monitoramento de horizonte tecnológico.

Docentes envolvidos: Benedito Barraviera, Carlos Antonio Caramori, Ana Silvia S B Seabra Ferreira, Rui Seabra Ferreira Jr, Lucilene Delazari

 

Pesquisa clínica em populações estratégicas e vulneráveis

Descrição: Os investimentos públicos na pesquisa em saúde no Brasil alinham-se com as demandas públicas e da Política Nacional de Saúde. Além de áreas estratégicas, algumas populações, pela sua vulnerabilidade e fragilidade (idosos, gestantes, crianças, minorias étnicas, populações socioeconômicas desfavorecidas, doentes em coma ou inconscientes e doentes permanentemente incompetentes com distúrbios psiquiátricos ou de conduta), carecem de abordagem priorizada e especializada que deverá ser contemplada por produtos específicos.

Docentes envolvidos: Adriana Polachini do Valle, Paulo José Fortes Villas Boas, Alessandro Lia Mondelli, Edison Iglesias de Oliveira Vidal e Nilton Carlos Machado

 

Avaliação de tecnologias em saúde

Descrição: A Avaliação de Tecnologias em Saúde (ATS) é um processo contínuo de avaliação, usando vários métodos de pesquisa, que visa o estudo sistemático das consequências clínicas, econômicas e sociais da utilização das tecnologias novas ou existentes na saúde, desde a sua pesquisa e desenvolvimento até sua obsolescência. As pesquisas e os produtos auxiliam os gestores do SUS e saúde suplementar a tomarem decisões racionais na escolha de tecnologias e mais custo-efetivas, com melhor alocação de recursos financeiros.

Docentes envolvidos: Fernando Gomes Romeiro, Carlos Antonio Caramori, Regina Moura, Silvana Andrea Molina Lima, Vania dos Santos Nunes, Lehana Thabane, Luciana Abbade, Joelcio Abbade