Seminário sobre escorpiões em Garça

Seminário sobre escorpiões em Garça reúne cerca de 300 participantes de cidades da região

 

Foi realizado na manhã desta terça-feira, dia 6, no Teatro Municipal de Garça, o “1º Seminário em prol da mobilização social para o cuidado e controle de escorpião”, promovido pela Prefeitura, por meio da Vigilância em Saúde, da Secretaria Municipal de Saúde.

O evento foi aberto ao público e reuniu aproximadamente 300 pessoas, a maioria relacionada à área de saúde, incluindo os diretores das Vigilâncias Epidemiológicas das cidades pertencentes ao Departamento Regional de Saúde – DRS Marília. Porém, diretores e coordenadores das escolas públicas municipais de Garça e estudantes da ETEC Agrícola também participaram dessa importante discussão.

Além de Garça, foram registrados participantes das cidades de: Álvaro de Carvalho, Alvinlândia, Bauru, Botucatu, Echaporã, Fernão, Guaimbê, Itápolis,  Lupércio, Marília, Ocauçu, Oriente, Oscar Bressane, Ourinhos, Pompéia, Tupã, Vera Cruz e Altamira, no estado do Pará.

O prefeito João Carlos dos Santos abriu o evento e falou sobre a importância da realização desse seminário. “Hoje é um momento importante, pois estamos nos organizando e nos mobilizando para combater esse grave problema que atinge, não somente o município de Garça, mas toda a região. Esse seminário foi uma iniciativa da nossa diretora da Vigilância em Saúde, Edna Semenssato, no sentido de trazer a discussão e envolver a sociedade na conscientização e na necessidade de  fazermos um enfrentamento para diminuir a incidência das ocorrência com escorpiões, tanto na zona rural, quanto na zona urbana, pois os indicadores mostram que o maior número de  escorpiões e ataques acontecem dentro das cidades”.

A diretora da Vigilância em Saúde, Edna Semenssato, também explicou sobre a necessidade de discutir o tema, trazendo especialistas no assunto para passar mais informações aos participantes. “Infelizmente os escorpiões estão em todos os municípios. Em Garça já foram encontrados em vários pontos da cidade. Por mais que haja a orientação da Vigilância Epidemiológica, boa parte da população não se mobiliza. O combate a esse problema é uma integração entre o Poder Público e a comunidade, que precisa eliminar de suas  casas os ambientes que atraem os escorpiões .  Por isso trouxemos para esse seminário, profissionais especializados no assunto e capacitados no manuseio e na orientação no momento do acidente, para que todos tenham em mente como agir diante desse risco”.

A  diretora técnica do grupo de Vigilância Epidemiológica da DRS Marília, Maria de Fátima Salgado, abriu os trabalhos técnicos do seminário, ministrando a palestra “Situação Epidemiológica de Garça e Região”. “É fundamental essa discussão nesse momento epidemiológico,  com aumento das ocorrências com escorpiões. A gente já vem promovendo discussões, observando melhor esses incidentes, pensando em intervenções, desde a prática do manejo do escorpião, como da capacitação dos profissionais para o atendimento desses acidentes. Por isso a cidade de Garça está de parabéns por ter estendido o convite desse seminário para os demais municípios da região”.

O evento trouxe ainda para falar sobre  “Primeiros socorros, cuidados com o acidentado, sinais, sintomas e manejos”, as biólogas e pesquisadoras do CEVAP – Centro de Estudos de Veneno e Animais Peçonhentos,  da cidade de Botucatu,  Letícia Veroni Dragone e Lívia Cristina Ambrósio, que, além de trazerem várias informações, também explicaram na prática como capturar escorpiões, minimizando os riscos de ataques.

Outro especialista convidado para o seminário foi engenheiro agrônomo da Superintendência do Controle de Endemias – SUCEN, Cláudio Cabello, que explanou sobre os “Cuidados e controle de escorpião/biologia”.

O assunto foi discutido com a profundidade que merece, e o público recebeu informações valiosas que ajudarão no combate a esse grave problema de saúde pública enfrentado, não somente por Garça, mas por várias outras cidades.

Seminário sobre escorpiões em Garça reúne cerca de 300 participantes de cidades da região

Seminário sobre escorpiões em Garça reúne cerca de 300 participantes de cidades da região

 

 

 

Fonte: https://www.garca.sp.gov.br

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *